segunda-feira, dezembro 18, 2006

DIA INTERNACIONAL DOS MIGRANTES



Hoje, DIA INTERNACIONAL DOS MIGRANTES, quero aqui deixar a minha solidariedade para com todos os imigrantes que escolheram o nosso país para trabalhar e viver, fazendo votos para que, em Portugal, haja uma política solidária e justa e que responda aos reais e multifacetados problemas que fazem o dia-a-dia de quem trabalha longe das suas raízes culturais, sociais e familiares. A nova lei da nacionalidade que entrou em vigor no quadro jurídico nacional no dia 15 de Dezembro, destaca o reforço do princípio do "ius solis" e o Anteprojecto do Plano para Integração dos Imigrantes terá abertura a discussão pública até ao próximo dia 5 de Janeiro de 2007.

Para todos os imigrantes que pretendam fazer o seu pedido de nacionalidade, os testes para a prova de conhecimento de língua portuguesa, pode ser feito online através do site www.provalinguaportuguesa.gov.pt.

Um abraço para toda a COMUNIDADE PORTUGUESA espalhada pelo MUNDO!

3 comentários:

Jerico & Albardas, Lda. disse...

A Convenção Internacional sobre a Protecção dos Direitos de Todos os Trabalhadores Migrantes e dos Membros das suas Famílias foi adoptada pela Resolução 45/158 da Assembleia-geral das Nações Unidas, de 18 de Dezembro de 1990.
Hipocrisia ou não, este dia é lembrado hoje em vários países da Europa, quando na verdade nenhum país da UE assinou esta convenção.

rui disse...

Olá Luso

Boa homenagem, ou chamada de atenção para a causa dos imigrantes.
Estou totalmente de acordo contigo.

Um abraço

Carlos Rodrigues disse...

Um abraço a quem luta por melhor condições, quer seja quem sai do país, como quem venha para cá.

O homem criou barreiras geográficas, e hoje tenta minimiza-las, vela os USA ou EU…

Nasci em França, e convivi com a imigração, e posso vos dizer que não é fácil. Na escola éramos os Portugueses. Considerados terra dos pedreiros e mulher a dias, hoje as coisas mudaram um pouco, mas continua a existir descriminação.

No dia em que me fui atribuída a nacionalidade Francesa, pediram se queria mudar o meu nome ! Respondi que sim, seria Monsieur Rodrigues Carlos Alberto.