sexta-feira, dezembro 01, 2006

DIA MUNDIAL DA LUTA CONTRA A SIDA




No Dia Mundial da Luta Contra a Sida, que hoje se assinala, podemos afirmar que os portugueses estão mal informados no que respeita às formas de transmissão da infecção VIH/sida. Os dados já divulgados decorrentes da sondagem da marktest confirmam-se agora com o eurobarómetro, da comissão europeia, que coloca os portugueses abaixo da média europeia, quando questionados sobre a possibilidade de transmissão da infecção através de beijos, partilha de copos, wc ou até contacto com objectos recentemente tocados por pessoas VIH positivas.

Segundo este estudo, apenas 31% dos portugueses sabem que a infecção VIH/sida não se transmite por um beijo e apenas metade dos portugueses está seguro que a partilha de um copo não constitui risco de transmissão. No que se refere à não transmissão da infecção pela utilização de casas de banho, apenas 45% dos portugueses responderam correctamente, muito abaixo da média europeia (55%).

Além disso, enquanto 80% dos dinamarqueses sabem que a infecção VIH/sida não se transmite ao tomar conta de pessoas VIH/positivas, 44% dos portugueses ainda respondem erradamente, bem como 24% acham que o VIH se transmite pelo toque em objectos e 27% por um aperto de mão, quando apenas 17% dos europeus em média consideram que o cumprimento constitui um risco de infecção.

42% dos portugueses dizem proteger-se nas relações sexuais, contra os 48% da média europeia, sendo a Áustria o país que apresenta resultados mais animadores - 66% dos inquiridos dizem proteger-se nas relações sexuais.

A melhoria dos conhecimentos e atitudes face à infecção VIH/SIDA constitui assim um desafio para a Coordenação Nacional para a Infecção VIH/sida.

Somos o único país da Europa onde a principal causa de morte para homens entre os 24 e os 39 anos é a sida.

MUITO CUIDADO!

Sem comentários: