domingo, dezembro 24, 2006

Falar de Amor

Eu queria falar do meu amor,
mas o amor foi feito,
muito mais para ser sentido,
do que para ser falado...
Eu queria falar do meu amor,
mas o amor existe para ser escutado,
muito mais pelo som dos nossos beijos,
do que pelas juras e palavras
que saem das nossas bocas...
Eu queria falar do meu amor,
mas o amor floresce,
muito mais para ser colhido
com a arte de um jardineiro,
do que para ser arrancado
antes da hora de florir...
Eu queria falar que o meu amor,
embora queira liberdade,
também adora ser atado
por abraços apertados,
enrolados em lenços de seda...
Eu queria te falar do meu amor,
mas só sei ouvir a música do nosso
desejo quando se materializa,
repetidamente,entre as notas
que ecoam dos violinos e flautas.
Eu queria te dizer muitas coisas,
mas só sei da certeza de te amar
muito mais do eu pensei
que ia amar um dia!

1 comentário:

Poeta Cavador disse...

GOSTEI - GOSTEI - GOSTEI e QUERO MAIS!