sábado, dezembro 30, 2006

QUO VADIS

Tenho acompanhado os blogues locais e confesso que há coisas que muito me admiram! Alguém saberá explicar-me porque é que um indivíduo está sempre a dizer mal do actual governo, tem um ódio de estimação contra o actual presidente da Câmara da Mealhada e que nunca, mas mesmo nunca, se preocupa em falar das azelhices que pululam num certo partido que tem dado uma barraca enorme sendo oposição, mas que nem nisso tem a aceitação de muitos dos seus militantes, por causa dos seus actuais comandantes que vivem numa amálgama de vários problemas intencionados pelos próprios?
Responda lá senhor Jerico & Albardas! Fale, também, porque é que a senhora da laranja do Luso despediu o seu vice? Não foi, concerteza, por ele viver na freguesia de Mortágua, pois não? Parece-me que o senhor é apenas um espalha-brasas e os seus desígnios apenas revelam a sua raiva que não é nenhum microtrauma, antes porém, o poscénio do seu teatro que não tem aceitação e será sempre um pulvéreo para todos aqueles que conhecem os seus propósitos.
Lembre-se que nenhum ser humano consegue dominar plenamente a sua emoção. Desista de ser uma pessoa perfeitamente equilibrada, porque o senhor nunca conseguirá atingir esse objectivo. Todos nós sabemos que a sua energia emocional é sempre flutuante, mas aconselho-o a não cometer exageros, porque a sua emoção é doente e instável, negativista, desprotegida e ansiosa. Todos os problemas de que o senhor fala o invadem e o ferem. Tenha sempre emoções saudáveis e estáveis, motivadas, protegidas, ALEGRES, tranquilas e com a capacidade de superar os seus inevitáveis períodos de ansiedade. O senhor Jerico & Albardas por acaso sabe que o seu maior desafio é cuidar e liderar o seu próprio ser? Vá pensando nisto que lhe digo e verá que se começa a sentir bem consigo próprio. Lembre-se que o território dos seus pensamentos e da sua emoção é o seu verdadeiro tesouro. Viva dias felizes, cuide do seu território, porque os seus conflitos, os seus traumas, pensamentos negativos e emoções tensas andam demasiadamente a controlar e a dominar o senhor Jerico & Albardas.
Seja mais perspicaz e mais sensato. Este é um pequeno recado que lhe dou, para ver se consigo que o senhor seja, até, mais coerente consigo próprio.

Sem comentários: