sábado, janeiro 20, 2007

MAIS JERICADAS?



Talvez se tenha tornado aparente para si que, a menos que ponhamos toda a nossa paz numa tarefa, essa tarefa não vai trazer qualquer benefício duradouro para aqueles que amamos ou para nós mesmos. Em vez de adicionar cada vez mais acções vazias a uma vida profundamente dispersa, parece-nos que a nossa responsabilidade actual é reduzi-las ao ponto em que possamos fazer algumas coisas por bondade. Tenha a bondade de pegar na chave e com ela fazer tudo o que lhe expliquei para ser feliz.

A sua felicidade é como o primeiro rebento verde e minúsculo de uma nova planta. É frágil e vulnerável aos ataques. Se você não lhe der espaço para crescer, ele murchará. Isto já aconteceu demasiadas vezes na sua vida, não é verdade? Porém, se o senhor não interferir na sua felicidade, o seu poder começa a crescer.
Como lá os rebentos da erva que pasta, ataque-os muito bem, mas deixe crescer um rebento. E não confunda espanhol com português, percebe?

1 comentário:

burradas5 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.