sexta-feira, novembro 24, 2006

O REPTO DO "SOCIALISTA"














Recebi hoje um mail da Administração deste blog dando-me conta que num post do meu Amigo, Companheiro e Camarada, Carlos Rodrigues - um verdadeiro Socialista, Militante de base - um indíviduo com um nick "socialista" me "convidava", chamando-me Camarada Jorge Carvalho (muito bem!), a visitar o site www.ncastelacanilho.blogspot.com, sugerindo, até, que eu fizesse comentários.
Pois para mim, Camarada "socialista", todos são iguais socialmente e não deve haver diferenciação de espécie nenhuma, porque eu não vejo as pessoas como meros peões no seu enorme tabuleiro de xadrez sociopolítico.Talvez, vãmente, tenhas utilizado este blogue para me fazeres o teu repto, quem sabe? Só tu podes responder , não é?
Bem, então vamos lá!
Começo por dizer-te que eu sou SOCIALISTA, sou de esquerda e, como tal, sou inconformista e sou daqueles que acreditam que é necessária uma alternativa dentro da democracia, porque a esquerda não pode, nem deve limitar-se em gerir o que está, antes porém deve assumir uma maior perspectiva de transformação da sociedade. Temos que corrigir os desiquilíbrios e as desigualdades sociais, combater o desemprego e a exclusão social e muitas coisas mais.
Como me chamaste Camarada, então também és dos tais que professas a doutrina de organização económica e social que considera que o interesse e o bem da comunidade se devem sobrepor ao interesse particular, não é verdade Camarada? Ou estarei eu enganado?
Agora, mudando o discurso, como me falas para visitar o tal blogue, queria dizer-te que já não sou lobito, mas sim um velho lobo, uma pessoa de bem, e vive dentro de mim o tal movimento cuja finalidade é educar a próxima geração para formar cidadãos úteis e de vistas largas, possuidores de três dons fundamentais: Saúde, Felicidade e Espírito de Serviço.
Camarada "socialista": Eu já sei tirar o IM do Impossível e já desbravei muitos caminhos para que outros os pudessem seguir e tive o cuidado de auxiliar o meu semelhante em todas as circunstâncias. Infelizmente anda para aí muito hipócrita, muito mentiroso, muita gente que se compromete a cumprir os seus deveres e obrigações, bem como em respeitar os compromissos assumidos e, depois, na hora da verdade, ignoram tudo o que professaram e se comprometeram.
Eu procuro ser leal, educado e respeitador. Procuro ter sempre boa disposição de espírito. As minhas acções são puras e os meus pensamentos também. E sou profitente nesta doutrina que é a nossa maneira de estar na VIDA.
Se me permites, Camarada "socialista", vou-te narrar uma história muito bonita que me contou a Dona Brites, na Escola Primária de Luso, já lá vão muitos anos. Tem um pouco de paciência e ouve então:
- Uma lebre fugia dos caçadores e escondeu-se numa vinha. As folhas de uma videira esconderam-na e os caçadores seguiram em frente. A lebre julgava que estava muito bem escondida e, entretanto, como tinha fome e estava muito cansada de tanto fugir, resolveu comer as folhas da videira. Os caçadores, que entretanto tinham regressado, viram as folhas a agitarem-se e, então, dispararam as suas espingardas, atingindo a lebre. Moribunda, a pobre e infeliz lebre, exclamou:«Eu bem o mereci, porque não devia ter prejudicado quem me salvou».
Moral da história: Quem é ingrato com os seus benfeitores atrai para si a punição divina.
Percebeste Camarada "socialista"? Se não percebeste, tem mais uma vez paciência, pois pode ser que eu, um dia, te volte a contar outra história. E essa já não é uma fábula...
Quero aqui saudar o meu Amigo Joaquim Ferreira Paixão, chefe dos Escuteiros de Antanhol - Coimbra, e aproveito para lhe endereçar um honroso convite para, quando eu voltar a fazer parte de uma Comissão de Festas, ele os seus companheiros escutas, participarem na procissão que se há-de realizar. O meu Amigo Paixão é um acérrimo defensor das práticas do Lorde inglês Baden Powell que fundou o escutismo em 1909 só para rapazes, porque as raparigas só puderam entrar em 1910. Cumpriu-se assim a paridade total.
Ficaste esclarecido, Camarada "socialista"?
Um grande abraço com muita Amizade do:
JORGE CARVALHO
SEREI LUSENSE ATÉ À MORTE!


1 comentário:

Arrebenta Canelas disse...

Ora aqui está uma boa prosa. Jorge Carvalho no seu melhor.lolololol