sexta-feira, janeiro 12, 2007

ARRE PÔRRA QUE NEM DEPOIS DE MORTO SE TEM SOSSÊGO ! !


James Brown ainda não foi enterrado
Nem depois de morto James Brown tem descanso.

O rei da música soul ainda não foi enterrado, duas semanas depois de ter falecido, aos 73 anos, na sequência de complicações cardíacas.
A culpa é da família, que não se entende em relação ao local onde será a última morada do cantor.
E não só.
A revelação foi feita à agência Associated Press por Charles Reid, responsável da agência funerária que tratou das formalidades relativas às exéquias de Brown.
Buddy Dallas, advogado do artista, confirmou o caso, no mínimo, macabro.
Dallas relatou que o cadáver está devidamente guardado dentro de um caixão num dos quartos da mansão do falecido em Beech Island.
O compartimento é mantido a uma temperatura controlada e vigiado por seguranças.
A confusão foi gerada pela discórdia da família – ou famílias – de James Brown.
Logo após ter sido confirmada a morte, a última companheira de Brown, Tomi Rae Hynie, e o pequeno filho de ambos foram impedidos de entrar no casarão que partilharam com ele nos últimos anos.
Desde então que os filhos mais velhos do cantor, frutos de outros relacionamentos, os proíbem de aceder à habitação e recusam qualquer tipo de conversa que tenha como assunto os bens a partilhar.
E ainda há uma mulher que diz ter sido violada por ele há 20 anos que parece querer também meter a mão na massa...
“Só espero é que todas as partes se sentem à mesa e resolvam de vez este problema. É este o grande desafio”, diz Buddy Dallas.
E que grande desafio.
É que as partes protagonistas da discórdia simplesmente não se relacionam e a vontade de encontrar uma solução também é nenhuma.
“Quando isto se resolver, será uma vitória para toda a gente”, desabafa o advogado.
Mas Brown não é motivo de discórdia apenas entre os seus familiares.
Na cidade norte-americana de Atama, no Alabama, dois homens envolveram-se numa grande discussão por causa do... peso de James Brown.
Um deles perdeu a paciência, e a razão, e acabou por disparar mortalmente contra o outro.
Ainda por cima, ambos tinham mais do que idade para terem juízo.
Dan Gulley Jr., o suposto homicida, tem 70 anos, David James Brooks Jr, a vítima, tinha 62.
Só na América!
24h
Posted by Picasa

4 comentários:

Zeca Paleca disse...

Enterra-se o homem na Mealhada - Portugal, ou em Montenegro - Brasil?

eheheh

Diabba disse...

porra... daki a nada só enterram as moscas!!

yáckkkk

beijo de enxofre

Yammallah disse...

Milhares de fãs, amigos e celebridades pagaram os tributos finais para a estrela da Soul James Brown num funeral público de grande essência emocional em Georgia..
Sua terra Natal...

O próprio Michael Jackson (que não aprecio a 100% mas não deixa por isso de ter sido uma grande influência na música contemporânea) beijou a sua testa (diz a imprensa Norte-Americana)e afirmou que o cantor/personalidade, terá sido a grande inspiração do seu estilo musical (lembrem-se que foi considerado dos melhores dançarinos do mundo e ele afirma com isto que a sua vontade em desenvolver a vocação pela dança terá sido pela idolatração por James Brown!).

Famoso pelos seus sucessos entre "Sex Machine" e outros, Brown morreu com sintomas de pneumonia aos seus 73 anos. (agora é devidamente confirmado o que antes não podia ser provado pela imprensa devido ao próprio nunca ter confessado a sua verdadeira idade... :)

Apesar da sua rebeldia era considerado um anjo no que tocava à sua personalidade e escusado será dizer que o estilo "Soul" nasceu através da sua musica.

Na seguinte terça-feira, depois do seu falecimento, milhares de fãs terão passado a Noite no famoso Apollo Theatre, em New York, onde muitos albuns ao vivo terão sido apresentados pelo cantor...

Quanto à sua família e amigos, terá sido reservado um banquete privado (de acordo com a tradição funerária americana) em Carolina do Sul, na sexta-feira seguinte, com boxers, rappers, comediantes e inúmeras personalidades americanas que terão estado presentes, (não tenho conhecimento de nomes, pesquisem se quiserem..)

Sei também que foi feita uma grande homenagem na cidade de Augusta (no seu respectivo estádio de baseball) com um vídeo do seu último concerto, em Londres.

"Sou preto e orgulho-me disso!" Foi o grande slogan de raça negra dos anos 60 nos Estados Unidos e quem criou esta frase? Pois é..
O próprio...

Mas pronto...
Eu sou só um puto que de acordo com ALGUNS de voçês quer criar uma guerra (quando só terá mandado uma laracha sobre este blog e quanto a isso já pedi desculpas que cheguem, não vou pedir mais...)
Espero ter enriquecido a informação relativa a este post...
Com os melhores cumprimentos...
O árabe maluko :)
Viva o Luso acima de tudo...!
Salahm_

Axiológico disse...

Enterrem ele aqui em Montenegro (Brasil), pode ser aqui no quintal da minha casa ahahahhahahhahahahhahahhaah

daí eu cobro ingresso de quem quiser ver o túmulo hehehe