quarta-feira, janeiro 17, 2007

OS SUPER-HEROIS E A AXIOLOGIA


O sucesso das histórias em quadrinhos no século 20 é espectacular.
Elas começaram a ocupar um espaço cada vez maior a partir do início deste século.
Um conjunto de pesquisadores começaram a se debruçar sobre elas e fornecer sua explicação, tais como sociólogos, semiólogos, etc.
Uma das constatações que se pode retirar do estudo das histórias em quadrinhos é a de que ela pode ser dividida em diversos gêneros.
Podemos citar os quadrinhos humorísticos, eróticos, de aventuras, entre outros.
Iremos, aqui, tratar de um desses gêneros, a saber: o gênero da super-aventura.
Neste gênero os personagens principais são os super-heróis.
O presente texto discute justamente o gênero da super-aventura e sua relação com os valores dominantes em nossa sociedade.
O presente texto é uma versão parcial de um outro artigo no qual abordamos não apenas esta relação mas também discutimos a relação existente entre super-heróis e inconsciente colectivo, tema que aqui será deixado de lado e retomado em outra oportunidade.
Antes de iniciarmos nossa análise da relação entre o mundo dos super-heróis e a axiologia, devemos definir o gênero super-aventura.

Alguns poderiam falar em gênero dos super-heróis, mas a definição de super-herói que forneceremos a seguir irá esclarecer a escolha da denominação de super-aventura.
Em primeiro lugar, é necessário distinguir o herói do super-herói.
Em sentido amplo, o herói é um indivíduo que possui qualidades consideradas especiais, tais como habilidades físicas, mentais ou morais.
A coragem é o atributo mais característico do herói.
A qualificação de herói, no entanto, não é reservado apenas ao mundo da fantasia, pois ele é aplicável a indivíduos concrectos que se destacam na nossa sociedade.
O herói, portanto, possui uma existência real.
Ele pode ser transportado para a literatura, as histórias em quadrinhos, o cinema, a televisão, etc .
Nas histórias em quadrinhos existem muitos heróis, tais como Tarzan, Akim, Targo, Tex Willer, Tintin, Asterix, Zorro, James Bond, O Aranha-Negra, Daniel Boone, Paladino, A Justiceira, etc.
O que distingue um super-herói de um herói?

A primeira resposta, e a mais simples, é a de que o herói possui habilidades excepcionais mas humanamente o único, o verdadeiro, o real é o SUPERAXIOLÓGICO !
nildoviana
Posted by Picasa

2 comentários:

Zeca Paleca disse...

Seu AXIOLÓGICO é o novo SUPER - TIRADENTES.

Tira os dentes, a carteira, a grana, tudo...
Quanto não vale advogar no seu advocatório?

eheheh

Axiológico disse...

Uahuhuuuuu NOssa !!!!!!!!!

Só mesmo um superherói teria feito um texto tão bom.... heheheeeee....

Adorei a foto hahahhahahahha parece o James Brown júnior hehehheheheeeeeee muito engraçado...

Seu Acácio é mesmo muito legaù ..heheeee

Até mais gurizada !!!