sexta-feira, janeiro 19, 2007

POEMA BRASILEIRO

Pássaro de rico é canário,
pássaro de pobre é urubu,
rabo de rico é ânus,
e rabo de pobre é cu.

Moça rica é bacana,
moça pobre é xereta,
a periquita da rica é vagina,
a da pobre é buceta.

Rico correndo é atleta,
pobre correndo é ladrão,
ovo do rico é testículo,
e do pobre é colhão.

A esperança do rico vem,
a do pobre já se foi,
a filha do rico menstrua,
a do pobre fica de boi.

O rico usa bengala,
o pobre usa muleta,
o rico se masturba,
o pobre bate punheta.

Mas a vida é assim mesmo,
seja no norte ou no sul,
o rico toma champanhe,
e o pobre toma no cú.

axiológico

6 comentários:

Sandokan disse...

E seu AXIOLÓGICO gosta mais de vagina ou de buceta? Com queixos ou sem queixos? De mulata ou de crioula? De baiana ou de mineira?

Axiológico disse...

AHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHHAAAAAA

HEHEHHEHEHHEHEEHHEHEHEHHEHEHHE

HEHEHE
HEHEHEHE

EHEHEHEHHEHEHEHEH

ESSA FOI MUITO BOA SEU ACÁCIO HEHEHEH

BLUE BEAR disse...

Seu Axiológico gosta mais da galinhas do nordeste

Darilea disse...

Pero que velocidad, esta mañana iba a comentar y me daba problemas el pc y ahora jaaj hay post por partida doble ajjaa.
Besitos.
Pd: Gracias por visitar mi página.

Axiológico disse...

abraços amigos e até mais...

BALEIA AZUL disse...

O Axiológico gosta muito de abraços, já viram? Ai o menino!