terça-feira, janeiro 23, 2007

A ÉTICA ESQUECIDA


Rapariga muito inteligente, dedicada, competente. Quando era jovem passava a maior parte do tempo agarrada aos livros e não gostava que a incomodassem, por isso o local ideal que escolhia para estudar eram, sem dúvida, as tabelas de basquete, o seu refúgio preferido.
Foi assim que descobriu que a política é uma vergonha, uma imoralidade e que os políticos não têm ética.
Aprendeu tanto, tanto, mas esqueceu-se de que a ética não é uma arma de arremesso nem uma munição destinada a acertar em cheio, ferindo o próximo na sua auto-estima. Esqueceu-se que a ética serve para melhorar a si própria e não para repreender ou enxovalhar o seu semelhante.
Volte lá para as tabelas de basquete, estude muito, leia muito sobre ética, preocupe-se consigo própria, com o que vai dentro de si porque vai aprender que isso é o melhor para o seu carma e a sua danação irá, certamente, ter o seu epílogo.

1 comentário:

palabras con ningun sentido disse...

Mis queridos amigos, cada vez con menos dificultades de entendedera y más risas que almacenar visito su hogar y me retiro de él.
Un gran abrazo desde el Río de la Plata