quinta-feira, fevereiro 22, 2007

É PRECISO TER CARÁCTER

Com que então o menino "baldou-se", voltou à infância e, agora, pensa que eu vou entrar no desafio? Está muito enganadinho... o bébé chorão está na Mealhada e ele não sabe que o carácter é o conjunto de atributos ou traços que compõem e distinguem a personalidade ou maneira de ser do indivíduo. Manifesta-se na forma habitual de sentir, de pensar e de comportar-se, nos gostos e aversões. Pois o meu rico filho só manifesta aversões, vá lá saber-se porquê, ou por outra, eu sei porquê, aliás, todos sabem.
O desenvolvimento do carácter começa no útero materno. Todos os bebés possuem umas tendências institivas vitais que se mostram ao nascer na sua actividade física, na sua placidez, na sua curiosidade e na sua sensibilidade aos estímulos internos e externos. Na mesma sala de maternidade vemos recém-nascidos confiantes e tranquilos e outros que, mal chegam ao mundo, se mostram inquietos e irritáveis. Estas qualidades são influenciadas por factores hereditários, fortes correntes hormonais que são produzidas durante a gravidez e as vicissitudes do parto. É algo inato.
Pois é assim. O nosso "enfant terrible" anda sempre a replicar, nada o convence. Agora até ficou muito espantado (!!!!) com o resultado do referendo sobre a IVG. Mas, afinal, o menino não acredita na vontade da população do concelho?
Valha-nos Deus, menino! Deixe de franzir o sobrolho, porque isso é uma expressão negativa quando falamos com os outros e isso fá-los percepcionar que o menino não gosta deles, ou que eles lhe inspiram uma visão crítica. Se o menino pretende reforçar o seu sistema imunitário, defender-se da doença da raiva, só tem uma solução.
O humor cura.
SORRIA!

4 comentários:

Bia disse...

belo post e muito engraçado, realmente desde a nascença que as crianças diferem muito umas das outras, e conforme vão crescendo umas são uma carinha de riso outras nem por isso, mas há uma factor que todas têm em comum são verdadeiras, riem quando querem e abrem as goelas até nos deixarem loucos também quando querem, não estão cá para fazer favores, e se queres saber eu acho muito bem, já basta quando crescerem...
beijo

Nokitas disse...

siempre haces sonreir y reir Sandokan
besos

geo disse...

lool ganda post :)

Topo de Gama disse...

O desenvolvimento do carácter começa no útero materno. Ora ai esta algo ke desconhecia! Mas acredito msm ke o humor cura! msm qd falamos de temas tao "divisorios" como a IVG..