sábado, março 03, 2007

PERFUME DE MULHER


Gosto de teu perfume, porque é o teu e, só por ser teu, é o bastante para me encantar. Esta é a minha solução para a Ana Reis - a PESTE -, porque de um ponto de vista prático é evidente que quanto mais se persiste na busca de uma solução, mais altas são as probabilidades de a encontrar, no caso de ela existir. O seu sonho, a sua busca, talvez seja compartilhar um mundo quase perfeito para ser feliz. Pois, minha querida amiga, não percas a esperança e vai lá comprar o teu perfume Allure da Channel e lembra-te que a esperança mais útil nas relações íntimas é a que não oculta ou anestesia a dor das dificuldades reais, não neutraliza a humildade de que precisamos para reconhecer as próprias falhas, nem torna supérflua a motivação para mudar. Muda lá o teu perfume, querida amiga, dá novo ânimo à tua vida e lembra-te que a maior parte das pessoas casa-se com os depósitos dos "carros" cheios de gasolina super de amor, confiança e de ilusão no máximo da potência para entrar na fórmula 1 da sua vivência conjugal. Depois, como muitos sabem, o tempo passa e as relações debilitam-se e tornam-se anémicas, parafraseando o TOPO DE GAMA. O depósito deixa entrar substâncias que adulteram a gasolina e a vitalidade do motor apaga-se e é substituída pela indiferença, pelo tédio, pelo aborrecimento, pela inimizade e pela dor. Lá vem a ruptura da relação que nasceu, cresceu, habitou em nós e morreu. O perfume desapareceu, o amor morreu e isso é uma prova espinhosa, um transe angustiante.
Com o vosso Allure da Channel (perfume feminino) e com o nosso Jean Paul Gautier (perfume masculino) vamos perfumar a vida e lembremo-nos sempre que o espírito humano não tem imunidade contra o absurdo, assim como o espírito distante não vê o que tem diante.
Queria dizer à Cleópatra que não me confunda com o George Cloney, porque o esperto só acredita em metade, e o génio sabe em que metade deve acreditar. É por isso que os meus beijinhos soprados não têm nada a ver com a clonagem do Cloney.
Não há bem que se conheça, senão depois de perdido, porque em tudo assenta o tomate, menos no café e no chocolate.

5 comentários:

Nanny disse...

Vinha tomar um café contigo para conversarmos e me conheceres melhor... mas parece-me que te dedicas muito a dar lições a mulheres, sem as tentares conhecer verdadeiramente.

Sobre este post digo-te que, gosto muito de perfumes e muito variados, não tenho apenas um de eleição - mas uso-os pouco! Prefiro o perfume dos corpos quando a vontade aperta e os odores se libertam, inconfundivelmente humanos...

RICO FILHO disse...

PERFUME DE MUJER ES MAGIA
UN ABRAZO

Marco Gata disse...

perfumes que a veces hacen enloquecer

MY LOVE disse...

ME FASCINAN LOS PERFUMES
BESOS

Peste disse...

Não vejo assim este assunto...

O perfume para mim... tem de me encantar, tem d ser agradável, detesto os floridos, frutados ou balnilhados, por norma gosto de perfumes fortes com presença sem ser aqueles que enjoam ou atordoam os presentes.. tem de ter o seu k q mistério.

no entanto... não os associo q estados de espirito... não procuro nada neles.

procuro sim identificar-me com algum, e só assim me dirá algo.


procurar mais do que isso... todos procuramos algo mesmo sem saber q estamos à procura... mas a verdade é simplesmente essa... todo o dia é diferente do passado e todo o dia encontramos algo novo.

todas as ilusões são válidas, todos os sonhos valem a pena, todos os enganos são ganhos, todas as decepções são escritas.

Hoje estamos aqui assim e bem... amanhã podemos modar o conceitos.

Mas só tendo de tudo um pouco se pode dizer " Eu vivi..."