sexta-feira, maio 04, 2007

A MALDIÇÃO DO DANÇARINO

Neste momento conturbado da nossa vida, em que tanto o nosso país como o mundo parecem à beira de um ataque de nervos, muitos de nós temos vontade de fugir para o deserto, para o excesso, para o luto até, a fim de fazermos um desvio do anonimato para a notariedade, da solitude para a socialidade e até parece que São Simeão habita em cada um de nós e que não está sozinho junto da coluna que ele construiu em cujo topo não se cabia sentado, mas apenas de pé. Parece que ele até dança a valsa e, com um sorriso, nos vai dizendo que a nossa fuga é como a dele por ser uma afirmação perfeita da necessidade individual de alteridade, de diálogo e solidariedade.
São Simeão, acompanhado do dançarino, vê milhares de olhos erguidos na sua direcção, sente-se presente em milhares de pensamentos e regozija-se com isso. Vê seres humanos indignados e vê, também, muito justiceiro que com três dedos de conversa revelam ao santo e ao bailarino o campo onde se colocam e logo vem ao de cima a paixão que os consome. Na verdade, com estas revelações, eles notaram uma coisa: Portugal está um país de paixões assolapadas e, conforme se toca, conforme se dança, pois a valsa dançada aqui no concelho da Mealhada apresenta-se sempre aos olhos do público com argumentos radicais, com elevada carga emocional, porque já não há pessoas calmas, tranquilas, que não têm certezas absolutas. Não, isso hoje é mortal.
Anda para aí muito candidato a intelectual que sofre da síndrome do dançarino, pois não entende que a dança do querer e do trabalho é um caminho que leva, tanto como o seu, a uma realização elevada da vida. Um caminho que todo o homem, independentemente da sua condição social e cultural, tem o direito e, sobretudo, a obrigação de percorrer.
E se pensássemos antes onde é que vamos jantar hoje? Será que ainda temos uns euritos para este devaneio?
Coma agora e pague depois e, se não liquidar a conta, a COFIDIS empresta-lhe a dinheirama, porque comer fora de portas fica caro, mas ainda há-de sobrar alguns trocados para ir à discoteca aprender a dançar o tango com o dançarino.
EHEHEHEHEHEHEHEHEHEH

18 comentários:

Caracolinha disse...

Olá Zeca Paleca ... antes de mais muito obrigada pela visita à casca ...eh pá, deixa-me que te diga que este gajo aqui da foto benefeciaria imenso com o penteado do post lá da casca ... xiça é que isto nãi lembra nem ao menino jesus ...

Adorei o teu (vosso) espaço ... sou pelo humor, sempre ... por isso fica o convite para que voltem ... eu por cá estarei, sem dúvida, mais vezes ... :)

Beijonhos encaracolados a todos os que contribuem para este arejado espaço ... :)

SILÊNCIO disse...

É sempre bom visitar-vos, o stress vai-ssse eheheh
Gostei ;)
Bjss

Laura disse...

Então rapaiz, como vamos de vida? O que tu pensas já eu penso há muito e acredita que não há volta a dar-lhe a não ser com uma nova Abrilada de qualquer ano. Não podemos continuar, e eu vou fazendo poesias de raiva contra eles que nem publico..é a minha vingançazinha de meia tigela.
Beijinhos para ti e tem calma Homem, esta vida é assim. Não dá para endireitar, só para entortar e mais ainda, isso dá sempre..

Laura disse...

Ó dançarino, eu aqui e tu em minha casa, só podia ser mesmo um desencontro. Assim nunca mais nos vemos na realidade..
Quem seria o tal do dançarino que dançava comigo? e quem ia dançar a Móooóóóóó´´oó´´´´óooniaaaaaaaaaaaaaa comigo? Já nem sei a quantas ando..
Jinhos para o Jorge..

BIGMAC disse...

E ele, velho embora, é um ser idolatrado, exigindo do sujeito lírico um comprometimento do seu primo Jesus... Dançemos pois irmão, dançemos....

Hehehehehe!!!

Abraço,

Goblin disse...

vamos dançando ao som da vida.. que mais nos resta?? COFIDIS? no thanks! 25% de juros pois então.. ha quem o queira, eu NÃO!

bom fim de semana com um tango no pe e uma valsa na mão!

Selma disse...

Olá =)
A foto está um máximo eheh
Pois, Cofidis, dispenso, são uns xulos e quem nao tem nao gasta! Cmg é assim!
Grande Beijo, bom fim-de-semana.

Bia disse...

Olá:-)

Sabes qual a vantagem de ser mulher?! É poder ir jantar fora pke não pagamos na discoteca LOL:-)

Este mundo esta do avesso é o que te digo :P

Beijinho

joaninha disse...

não havia foto mais expressiva por esses lados pois não? ;)

*beijinhos*

aflores disse...

Mealhada...leitão, leitão...jantar, jantar...muitos euros. Por isso, é melhor mesmo ficar por casa mas sem ligar a TV, pois está na moda actores virarem cantores ou dançarinos (ou vice-versa).
Agradeço e retribuo visita ao meu blog e nada de dar passo maior que a perna. (a cofidis não paga)

CJS disse...

Bem há sempre a hipótese de poder antecipar o IRS, para poder ir comer um bom arroz de marisco. Ummmmm já estou com fome....

joaninha disse...

em relação ao q escreveste no meu blog... quem????? n percebi nd! LOL

ci disse...

he he he...

beijos incomuns

Ana S. disse...

Olá!
Dançar conforme a musica é estratégia tipica de quem precisa de agradar aos outros para conseguir o que quer. E enquanto o povo estiver distraido tudo pode acontecer.
Obrigada pela visita ao meu blog.
Beijos

Bia disse...

Oh palequita :-D

é verdade, aquilo q esta no meu blogue é mesmo 1 urinol invertido LOL...

bom fim-de-semana e paz no luso ;)

Diabólica disse...

Antes de mais cuidado com a COFIDIS. Olha que sei do que estou a falar.

Aproveito para te lançar um desafio.

P.S-
Foi-me lançado um desafio pelo tuga, o qual aceitei.

Foi-me proposto que escolhe-se outras 7 pessoas, para responderem ao "questionário".
Tu foste um dos escohidos!
Vai à minha casa e diz de tua justiça.

Beijinhos.

Enfim... disse...

lol

Bjokas

Bom fim semana

Skin on Skin disse...

Fonix.....eu não quero um dançarino assim! ;)

Beijokas on skin