quarta-feira, maio 02, 2007

O BOSQUE VERMELHO

Por regra tenho um sono leve. Contudo, no dia de hoje, não despertei quando a casa acordou. Não ouvi os meus cães ladrar no quintal e não ouvi, também, o chilrear dos pássaros no arvoredo. Quando a manhã me surpreendeu, eu estava sozinho no meu quarto, a chuva caía incessantemente e o cheiro das rosas do meu jardim perfumava o ar. Um dia de nevoeiro tinha-se instalado, pachorrento e interminável e agravava a minha melancolia. Pensei que existia na multidão que na véspera me tinha rodeado uma estupidez inata, que suspende qualquer pensamento civilizado ou racional.
Fugi para o bosque vermelho, mas os populares gritavam e insultavam-me. Mas, neste caso, pressenti uma ferocidade suplementar: uma espécie de amor atraiçoado, como se a minha alegada conduta fosse uma traição ao meu querido povo. Os que me insultavam eram precisamente os mesmos que me aplaudiam, em tempos, com admiração genuína e grata. Relacionei esta triste situação com o caso típico do amante enganado, sempre disposto a matar quem um dia amou de coração aberto.
A vida não é fácil, nem justa! Logo pensei que tinha de aproveitar os breves momentos de felicidade com que fui abençoado, para que as dificuldades que senti no bosque vermelho sejam suportáveis. É irónico pensar que a paz só se impõe através da guerra. Para bem do meu concelho, espero que as gerações vindouras possuam mais sabedoria do que o barão laranja.
Levamos tudo a sério - levamo-nos patologicamente a sério, sempre preocupados com a nossa imagem e auto-imagem, a nossa estima e auto-estima, a forma como nos olhamos e como os outros olham para nós. Somos um país pobre é um facto. E tentamos compensar isso com a indignação moral própria dos pobres, em que somos riquíssimos.
Saí do bosque vermelho e vi um velho a ser idolatrado por uma multidão sedenta de justiça. Porém, no fundo, o que me importava esse pormenor? Eu não me esquecera do meu dever! Tinha um compromisso consciente com o meu povo e não um ímpeto arrebatado ou uma imposição social. A minha pele foi apertada pelo ar gelado, mas não senti frio. Os meus pés moveram-se com ligeireza sobre as folhas caídas do arvoredo e, entretanto, vesti a minha capa cor-de-rosa para encobrir o corpo das centenas de olhos que piscavam diante de mim. Avancei com convicção e disse:
- Libertei o meu espírito e nada receio. Tudo fiz por este bosque sagrado e o meu amor por ele será recordado em histórias, poemas e canções, que perdurarão ao longo dos séculos.
O velho olhou para mim, desatou o seu lenço, envolveu-o no meu pescoço e disse-me:
- Confio-te todo o meu saber e poder, assim como te confio a minha vida e a vida das gentes da tua terra que esperam e confiam no teu empenho pela salvação deste bosque. Confia em ti com igual convicção e luta sempre contra o barão laranja que nos quer trazer a desgraça. Leva a minha espada e quando tiveres de fazer algo, não percas tempo a pensar se serás ou não capaz. Simplesmente fá-lo em nome do teu povo e da tua terra. Que a força da águia do Luso te acompanhe, Zeca da Mata. E que o calor do sol te proteja e ilumine nos dias de desespero. Sê forte! Nunca permitas que a fúria e a mente trapaceira do barão laranja penetre no nosso bosque. Tu és o mais bravo de entre os bravos, o mais puro de entre os puros... O mais belo de entre os belos! Confiamos em ti para sempre.
Abandonei o bosque com um sorriso no coração, acariciei a espada e parti para a luta. Contem comigo SEMPRE!

18 comentários:

jpg - o sineiro disse...

Uma boa sapatada!

Embora a minha capa seja mais a do Zorro, preta com um A dentro de um círculo em vez do Z.

Que a força da ÁGUA DO LUSO te acompanhe!
Eles não passarão!

Abraço

Foxy disse...

Fiquei comovida e olho o futuro com mais esperança!
Junto-me à batalha a teu lado para remissão dos meus pecados e mais se juntarão a nós!!!





Beijossss

João JR disse...

Tb me alisto!!!!
Beijocas:)))

Laura disse...

Já agora ó zeca, fiz um poema que tem de ser cantado por um dos nossos trovadores..é contra tudo o que está mal, o governo pois..ai ai a sensura..chama-se POVO MEU..daqui a dias vou leválo aos direitos de autor depois lá o poderão cantar..a letra é minha, eu mandava-ta para leres, mas...é revolucionária ehhhh
Tem que ter boas goelas e coragem para cantar aquilo...
beijocas da laura..

Jivago_Pt disse...

Parabéns, belíssimo trabalho neste Blog, continuem assim.
Sou visitante assíduo do vosso Blog e gosto imenso de todo o conteúdo e artigos.
Convido-os a visitar também o nosso Blog de Amor & Prazer, que pretendo divulgar em toda a comunidade Blogueira e melhorar.
Façam favor de visitar e dar a vossa opinião.
http://amorprazer.blogspot.com/
Obrigado, parabéns e boa sorte para o vosso Blog, Jivago

Bia disse...

Oh Sô Zeca Paleca esse fim-de-semana foi bom?? Espero que tenha sido de 4 dias como o meu :-))

Ai que tu hj acordaste mesmo bem! Cheio de força e coragem :-) já me sinto mais protegida agora... :-) Eu alisto-me tb mas vou atrás de ti pke tu é que tens a espada, pelo sim pelo não mais vale jogar pelo seguro, eu fico atrás de ti que se alguém atacar tu tens mais probabilidades de vencer do que eu ;)

Beijinho grande, gostei mto de "te ler"

Peste disse...

nada como enfrentar o mundo de peito aberto e de alma lavada e sem receios.

Ng é melhor que ninguém, mas uns são mais merecedores do que outros daquilo que temos para oferecer... seja confiança, amor ou amizade e lealdade.

Axiológico disse...

Grande Zeca Paleca.... o conquistador !!! hehehehheheee abração pra todos !!!

Gioconda disse...

E que a força esteja contigo ;)

Escorpiana Explosiva disse...

passei para agradecer a sua visita.

Águas da Vida disse...

Uma grande sensaçao de impotencia nos invade ao ver nosso planeta destruido pelo capitalismo selvagem...
Que excelente post Zeca, parabéns...O povo unido jamais sera vencido!
Big Kiss

Vera Carvalho disse...

É de gente como esta que o país precisa e se esse velho confia eu estou com ele:).
Não leves a espada apenas o coração, com ele vencerás qualquer barreira.
Beijinhos e um abraço.

Casemiro dos Plásticos disse...

pa frente é que é o caminho!
abaraço

Fantasma disse...

Junto-me a ti grande Zeca Paleca e não deixaremos entrar as maquiavélicas hostes do barão laranja no bosque vermelho.

Fantasma disse...

Abandonarei a Caverna da Caveira e a floresta de Bengala e levarei comigo os meus pigmeus Bandar com as suas flechas envenenadas que lançarão o pânico nessas criaturas malvadas que tentam usurpar o teu bosque, grande guerreiro Zeca Paleca. Todos os bandidos a soldo do Barão Laranja serão esbofeteados e socados e neles permenecerá, para sempre a marca da caveira proveniente do meu anel sagrado.
O meu cavalo "Herói", o meu lobo "Capeto" e o meu falcão "Fraka" encarregar-se-ão de dar caça ao BARÃO LARANJA e vão persegui-lo até à morte, como o BUSH fez ao SADDAM HUSSEIN.
A minha mulher, a famosa Diana Palmar já está na ONU a tratar de todos os preparativos para eu chegar ao vosso BOSQUE VERMELHO aí no BUÇACO.
Mantenham-se firmes até à minha chegada.

CJS disse...

Mais nada.
Viva a água do Luso.
http://caminharnoescuro.blogspot.com/

luar disse...

Boa prosa, amigo JC.

Miosotis disse...

♥♥═══════════════════════════♥♥♥♥════♥♥♥♥════♥♥♥♥════♥♥♥♥════════════════♥♥
•.......•......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•
╣╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗╠╗╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗╠╗╠╣╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗╠╗╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗
╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚╣╚╣╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚╣╚╣╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚╣╚╣╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚
•.......•......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•
.★ * ★..
.*★ *. *..* .★ * ★.. .*★ *. *..* .*★ *. *..*.*★ *. *..*.*★ *..★ * ★.. .*★ *.
Que bela estória!!!!
Que as estrelas brilhem em teu caminho!

´´´´´´´´´´´¶
´´´´´´´´´´¶¶
´´´´´´´´´¶¶¶
¶¶¶´´´´´¶¶´¶
´¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶
´´´¶¶´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´¶
´´´´´¶¶´¶¶´´´´¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´¶¶
´´´´¶¶´´´´´¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶
´´´¶¶´¶¶¶¶´¶´´´´´´´´¶¶¶´´´´´¶¶´¶
´´¶¶¶¶¶´´¶¶´¶´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶
´¶¶´´´´´´´´¶¶¶´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶´´´´´´´´´´´¶
´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´´¶¶´¶¶´´´´¶¶¶¶´´´´´´´´´´´´¶¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´¶¶¶´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´¶¶¶¶´¶´´´´´´´´¶¶¶´´´´´¶¶´¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶¶¶´´¶¶´¶´´´´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶´´¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´¶¶¶´´´´´´´´´¶¶´´´´´¶¶¶¶¶¶¶¶¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´´´´¶¶´¶¶´´´´¶¶¶¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´¶¶¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´¶¶¶¶´¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶¶¶¶´´¶¶´¶
´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´´¶¶´´´´´´´´¶¶
.
.*★ *. *..* .★ * ★.. .*★ *. *..* .*★ *. *..*.*★ *. *..*.*★ *..★ * ★.. .*★ *. 
•.......•......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•
╣╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗╠╗╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗╠╗╠╣╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗╠╗╔╣╔╣╔╣╔╣╠╗╠╗╠╗╠╗
╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚╣╚╣╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚╣╚╣╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚╣╚╣╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╠╝╚╣╚
•.......•......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•.......•
♥♥═══════════════════════════♥♥♥♥════♥♥♥♥════♥♥♥♥════♥♥♥♥════════════════♥♥