terça-feira, junho 12, 2007

sueños


Infinito refugio de tristes fantasías,
mundo sin infinito que llega a su fin.
Imágenes perdidas en completa oscuridad,
luces ilegibles que no puedo comprender.

2 comentários:

Vity disse...

Ah como os sonhos nos mantem agarrados á vida...
Nos iluminam nos dias escuros e sombrios onde a solidão impoe a sua presença....


Beijo sonhador
Vity

Sandokan disse...

Temos a VIDA nas mãos.