quinta-feira, fevereiro 19, 2009

ENXOTA

Enxota de sobre mim o teu olhar enigmático
Porque dele já sou cativo.
Teus cabelos são como um rebanho de ovelhas negras.
Tua fronde é como um templo canonizado
Teus olhos de pássaros entre teus cabelos
Teu ventre como um elevado no deserto envolto de açucenas do campo.
Teu nariz se parece uma torre guardiã, de onde se vê todo o mundo, abaixo.
Teus adornos descansam e riem pelo teu corpo.
E eu cativo nas tuas madeixas, especiosas.
De ti nasce o amor, amada minha. De ti nasce a delícia e a volúpia da vida!
Tu minha cúmplice, minha confidente.
Teu nome Gina, esposa minha, é suave aos meus ouvidos
E aplaca os meus temores.
Vem linda, minha, por amor. Meu coração se rachará de gozo
E assim, conhecerás sua imensidão.
__________________________
Naeno* com reservas de domínio

1 comentário:

ailedazav disse...

Se Gosto...

Obrigada pela sua visitinha ao meu Blog.

Adorei seu post... Linddooooooo demais!!!

Santa Páscoa!!!

aileda