quarta-feira, março 25, 2009

Gratidão

Nunca esperes gratidão. Assim sentirás menos o pontapé recebido.

10 comentários:

gaivota disse...

sim, porque o pontapé é garantido!
aparece...
beijinhos

SAM disse...

E como é verdadeiro, esta!!!


Um beijo

Escrevendo na Pele disse...

Senti daqui.

Lethéia disse...

....Isso é uma verdade e tras a maxima faça o bem sem olhar a quem e sem esperar nada em troca.
Vc passou pelo blog...e posso dizer q foi uma visita marcante estou mto feliz pela postagem q deixou lá nos meus comentário. Sera q qdo eu crescer escrevo algo parecido? rs um beijo e obga

Claudia Goulart disse...

Não devemos agir esperando por prêmios.
abraço

GMV disse...

De qualquer forma, mesmo sem esperares, vim agradecer-te a passagem no meu "palco"... e adorei o poema.

Beijos meus

Ana Martins disse...

Grande verdade... Embora por vezes não queiramos acreditar nela!


Beijinhos,
Ana Martins

Espaço da Tete disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vício disse...

A realidade do mundo exposta a seco na vida
É muito cruel, doi, fere, deixa nossa alma sentida,
É positivo que se saiba mostrar,
É positivo que se saiba para todos os lados olhar.
É positivo que haja que saiba expor e denunciar...

A realidade pode ser dura mas também precisa
De beber a magia das histórias de encantar
Precisa de amar, de ser acarinhada e de acreditar,
Precisa de acreditar que sempre pode existir
O brilho no olhar ou um Super-Herói
Que faça o mundo viver e aprender a sorrir
Que nos olhe nos olhos e nos deixe esperança,
O mundo precisa sarar a ferida que mais dói,
Precisa que veja um olhar puro de criança
E acreditar que vale a pena e que tudo pode mudar...

Histórias de encantar... histórias de encantar...
Vem neste meu mundo de sonho voar
Que te ensinarei como é bom saber acreditar,
Vem, dá-me a mão e diz-me que acreditas,
Diz-me que nos meus olhos a vida ainda pode brilhar,
Diz-me que me amas e que por mim não hesitas
Porque baseado na verdade que me dás talvez possa mudar,
Talvez seja mais um para fazer a diferença
E voltar a dar ao nosso mundo a cor da esperança...

Graça disse...

"Exige muito de ti, e espera pouco dos outros, assim evitarás muitos aborrecimentos."



Gosto muito dos teus temas, e da forma como escreves.

Beijinho.