quarta-feira, novembro 29, 2006

Sempre contigo

Meu Amor
Vertias lágrimas de dor
Quando te encontrei
Dei-te a minha mão
E contigo sonhei
Abri-te o meu coração
Caminhámos juntos
Obstáculos foram muitos
Mas a força do nosso querer
Tudo soube suportar
Conseguimos então vencer
Com a palavra: AMAR

1 comentário:

Zeca Paleca disse...

Vale a pena sofrer quando se ama.