sábado, janeiro 06, 2007

THE BEST SHOW IN LUSO





GRANDE SHOW

EHEHEHEHEHEH

LUSO / AVENIDA NAVARRO

AXIOLÓGICO, ACÁCIO SIMÕES & ZECA PALECA, LDª, sócios-gerentes da banda TURMA DO EHEHEH, vão organizar um grande espectáculo de eheheheheh na Avenida Navarro - LUSO, no dia 19 de Março (dia do paizinho) de 2007. Um vastíssimo programa de AXÉ e EHEHEH consta das atracções para esse dia especial. CLÁUDIA LEITTE, com a sua banda - BABADO NOVO, terá a honra de abrir o certame. Seguidamente estarão em cena os TIMBALADA e os ARA KETU, contratados ao BRASIL DANCE COMPANY. O super-show prossegue com a banda CHICLETE COM BANANA que irá distribuir chiclete aos "mininos" e banana às "mininas", sendo, assim, um AXÉ BRASIL EXTRA. O evento termina com a famosa JANE BIRKIN que, apesar dos seus 60 anos, ainda sabe gemer a preceito. JANE BIRKIN interpretará a famosa canção JE T´AIME (MOI NON PLUS) ao lado de um famoso lusense, dado que o SERGE GAINSBOURG já faleceu. Em contrapartida, a segunda canção a interpretar pela JANE BIRKIN, será ARABESQUE, canção extraordinária que faz parte do BEST OF desta famosa diva nascida em solo britânico - Londres, em 14 Dezembro de 1946. Esta canção, como é natural, será dedicada ao seu companheiro lusense e interpretada em cima de um CAMELO (!!!!) ; não faltarão os famosos suspiros da JANE a fazer amor com o companheiro.

O MAKING OF ficará acargo de ACÁCIO SIMÕES e o CATERING será fornecido pelo AXIOLÓGICO. ZECA PALECA encarregar-se-á da promoção do evento cujos bilhetes já se encontram à venda no QUIOSQUE DO TONEL e no PULA BAR.

ESPECTÁCULO A NÃO PERDER!

10 comentários:

Freyja disse...

un buen fin de semana
besitos


besos y sueños

Acácio Simões disse...

Eu vou buscar o MAKING OF eaonde é que isso se vende?
No talho do Amaral,na Casa Aliança,no Salta ou no Pula?
Como me parece ser um artigo refinado, será que é no Casino?

Naeno disse...

Eu tenho a minha dúvida quanto ao espetáculo que o Chiclete e a Loira maravilhosa. A não ser que vocês se refiram a performance de uma dança afro-brasileira, de muita barulheira, mas que não ajudam ninguém a fazer o dever de casa com a precisão de, que em seu lugar fosse aí um Chico, um Caetano e tantos outros talentos que existem por aqui.
E ainda proponho, nós do Brasil abalamos as escadarias de Portugal com esses afros-brasileiros, "Levanta as mãosinhas, tira os pés do chão" e o cara termina por cair, e nos mandem urgentemente uns fados, estamos todos à base de rivotril e fazendo tratamento contra surdez.

Um Abraço
Naeno

Zeca Paleca disse...

Mas... Seu NAENO, o GHICO BUARQUE e o CAETANO VELOSO já vieram muitas vezes a Portugal. E os referidos nunca vieram!!!


eheheheheh

Saúde, Paz e Bem

Naeno disse...

Mas Seu Zeca, invente-se por aí um tipo de música que não te diz nada - com exeção das meninas - essas agradam a todos. E vocês iriam ter a mesma opinião que eu. O que tem de gente aqui no ponto, com um trabalho maravilhoso, a frustar-se por que não pode enfrentar esses saltitantes. Você é Portuguê, se por aí tiver algum igual, eu garanto não vou vê-lo, mas se mandares aqui uma Mafalda Arnauth, Aldina Duarte, ai eu correria prá ver.
Entenda, nós já toleramos isso por muito tempo e tem gente boa e bem intencionada com relação a MPB e que já estão a se colicar com o capeta para serem vistos.

geo disse...

eu n tenho como ir...pena lol

abraço

Sandokan disse...

Ô NAENO: Aqui os portugas gostam muito da YVETTE SANGALO e da DANIELA MERCURY.

Você não gosta não?

Você já viu ao vivo, ou ouviu a TERESA SALGUEIRO e os MADREDEUS? E a MARIZA?

Tudo muito bom!!

Gosta da Maria Bethânea? Eu gosto.

Saúde Amigão.

Eu sou fã do ROBERTO CARLOS - O Rei.

PAZ e BEM pra você.

Axiológico disse...

E não vai tocar aí o

Roberto Leal ??? hehehheeeeee

a música "vira-vira"

heheheee


Vai ser uma bela festa !!!!

abração

Axiológico disse...

Tem que tocar aí uma música assim:


Os Fagundes, música Origens:

"Campeando um rastro de glória
venho sovado de pealo
erguendo a poeira da história
nas patas do meu cavalo
o índio, que vive em mim
bate um tambor
no meu peito
o negro, também assim
tempera e adoça
o meu jeito
com laço e com boleadera
com garrucha e com facão
desenhei pátria e fronteira
pago, querência e nação.

Eu sei que não vou morrer
porque de mim vai ficar
o mundo que eu construí
o meu Rio Grande, o meu lar
campeando as próprias origens
qualquer guri vai achar
campeando as próprias origens
qualquer guri vai achar.

Sou a gaita corcoveando
nas mãos do velho gaiteiro
dizendo por onde ando
que sou gaúcho e campeiro
eu sou o moço que canta
o pago em cada canção
e traz na própria garganta
o eco do seu violão.

Sou o guri pêlo duro
campeando o mundo de amor
e me vou rumo ao futuro
tendo no peito um cantor.

Eu sei que não vou morrer
porque de mim vai ficar
o mundo que eu contruí
o meu Rio Grande, o meu lar
campeando as próprias origens
qualquer guri vai achar
campeando as próprias origens
qualquer guri, vai achar. "

Zeca Paleca disse...

O ROBERTO LEAL passa cá a sua vidinha ganhando grana. Ele é de Vale da Porca...

eheheheh