sábado, março 17, 2007

PLANO

Lego a quem quizer, seja
A quem deseje, a quem esteja pronto,
A quem sirva, a quem goste,
O desafio de se reconstruir o mundo,
E fazê-lo novo.
Meu compromisso, o mínimo
Que inda posso fazer
É ser msis um operário
É ajudar acabar com este escuro
Onde displiscentemente me lançou a
Senhora minha mãe.
Existem inúmeras maneiras de ajudar a acabar
Com a escuridão
(O turvo, aliás, não tem nada de grande, é até fácil de acabar)
Há uma que particularmente me apeteceu.
Uma delas é destronar-lhe ostensivamente
Com as regras do jogo.
A outra é fazer até o requinte,
As referidas regras do jogo
E ser fiel, também até o requinte,
As ditas regras do jogo.
Outro modo é aumentar a escuridão fazendo filhos
Educando-os e ensinando-os,
Higienicamente a fazer outros filhos.
Outra maneira é ir à missa todos os domingos
E contribuir para as obras da paróquia.
Outra maneira é lançar mais um jornal,
Mais um partido, mais um grupo de estudos,
Mas uma conspiração militar.

3 comentários:

Maria Strüder disse...

A escuridão existirá sempre por muito que se tente mudar o que não pode ser mudado.

Nokitas disse...

besitos Naeno

Freyja disse...

bello, un abrazo