sábado, março 17, 2007

SABEM QUEM ELA É?

Esta mulher é mesmo uma combatente das mais ferozes e as suas glândulas endócrinas produzem hormonas muito resistentes cujas funções protegem o seu corpo dos perigos e, assim, ela sobrevive no meio dos homens graças à adrenalina e ao cortisol que lhe permitem correr mais depressa e lutar com mais vigor. Não pensem que ela tem medo e que é acometida de certos sintomas físicos - sensação de borboletas no estômago, pés frios, tremores e insónia - que lhe possam criar uma espiral de ansiedade.
Esta grande mulher é muito feliz, porque não combate a imperfeição. Combate o medo e, assim, combate o auto-ódio que é o medo de não ser amada. Ela sabe que ninguém supera facilmente esse medo, mas o medo de não ser suficiente é forte, mas não tão forte como o amor.
Assim, ela concentra a mente e o seu espírito no amor. É altruísta e por isso é feliz. Sabe aumentar o seu amor e é por isso que não tem medo. O seu amor-próprio também se eleva, porque, em parte, sente mais auto-estima porque tem mais amor para dar.
O seu altruísmo é a sua forma mais pura de apreço que lhe dá a capacidade de amar as pessoas mesmo que elas não a amem.
Ah grande mulher!

9 comentários:

Naeno disse...

Eu não tenho medo de levar sopapos de uma mulher. Muito me apraz, depois sei, vem os mimos. Doeu muito amor?
E se neutralizado por uma destas, antes que se anunciasse a sentença, já eu estava como cão de bariga prá cima esperando as cacetadas.

Um beijo, meu amigo

Naeno

peace_love disse...

uito obrigada sandokan! :)

Nokitas disse...

besitos Sandokan

Freyja disse...

hermoso para esa gran mujer que ama y tu amas
besitos Sandokan

citadinokane disse...

Quem é essa mulher?!

Nanny disse...

Mas as borboletas no estômago são tão boas... assim falta-lhe algo.

E ao meu desafio, não se liga???
Huumm! Vou-me zangar!

Beijo da gata e bom fim de semana

Sandokan disse...

E podes dizer-me quem é ela FREYJA? É só para conhecê-la...!

mymind disse...

oh oh, hehe =P tks!
bjitux

Peste disse...

ó linda mulher... aquela q ama os imperfeitos tanto como os perfeitos.

amor é a base de tudo...

gostei deste pensamento com muito descernimento e baseado em muitas mulheres reais.

e o medo... quando há amor... é um mal muito menor.

beijos san