sábado, abril 07, 2007

AO SERVIÇO DO PASTEL

Comi hoje três pastéis de nata e senti-me muito enjoado, não sei porquê! Últimamente, tenho pensado muito no que são os meus valores, porque se eu não os conhecer não posso assumir a responsabilidade pelo que faço e fortalecer o meu poder pessoal, porque se eu não souber em que acredito, o que desejo e admiro, o meu poder pessoal acabará por degenerar numa força caótica, desorientada e desordenada, que se dissipa no vento.
Há certas revelações que, por ser tão ingénuo, só me tornam mais permeável. É por isso que não vou cair na armadilha de comer, outra vez os três pastéis de nata, porque por ser honesto e tentar sempre escolher exactamente aqueles que são os meus valores fundamentais, julgava eu que essas pessoas identificavam mesmo estes valores, adquiriam discernimento e, em tempos de caos e confusão, isso lhes daria segurança. Eu vivo de acordo com os meus valores e tenho, assim, a sensação de ter um objectivo, paz de espírito e satisfação - todos os ingredientes à felicidade. Penso que isso me permite que seja o meu espírito a conduzir a dança do espírito e do réptil.
A minha vida pertence a mim próprio e o futuro contém tudo o que necessito. A meu lado estão os poderes da percepção, da vontade, do apreço e do intelecto, mas sei que a felicidade acaba por ser um termo que define a condição criada por várias qualidades indispensáveis. É, para mim, um produto derivado.
Podem espreitar à vontade que o bebé não se incomoda. O que lhe dói é ser tão sério e, ao mesmo tempo, tão ingénuo - talvez por ser humilde - que todos lhe deixam armadilhas, onde ele se prende tão facilmente.
A vida está mesmo para os espertalhões e espertalhonas que nos deixam as armadilhas que parecem prometer a felicidade e, afinal, mais não são do que o caminhar num campo altamente minado. Têm prazer em enganar? Muito bem! Lembrem-se que o prazer é uma coisa boa. Mas é a sobremesa da vida, não é o prato principal.
Aguardemos!

7 comentários:

Sôr Matateu disse...

Comecei uma petição na minha "barraca" ou seja blog, para ver se o nosso camarada Geo (http://given-to-fly36.blogspot.com) continua a fazer posts! Passem no cronicas p'ra ele perceber que o mundo nao é o mesmo sem ele carai!

Aquele abraço!

[[cleo]] disse...

Sandokan... dou-te os meus parabéns por este belíssimo texto!
Escreveste algo que encerra toda a essência da vida e a importância dos valores morais de cada um.
É verdade que a vida está para os espertalhões que nos deixam armadilhas.
Mas também acredito, que não será para sempre, pois haverá um dia, em que serão descobertos e acabarão por pagar por isso!
Pelo menos tenho esperança que assim aconteça.

O meu poema, não se referia a mim...bem, pelo menos agora...
Era para um amigo, pelo qual tenho imensa estima e que,também ele, foi vítima de uma dessas armadilhas montada por uma qualquer espertalhona, que se lhe atravessou no caminho.

Um beijinho dos meus... soprado como sempre!
Desejos de uma feliz Páscoa também!

O Sentir dos sentidos disse...

Caro Sandokan,
Concordo em tudo que escreveu neste texto; Não é sempre que encontramos pessoas verdadeiras e de bons sentimentos em nossa caminhada...mas, o que importa é que por mais que estes ditos "espertos" sejam espertos...um dia a máscara cai.Pois acredito na VERDADE da vida...e toda verdade um dia, seja lá quando for...é REVELADA.
Feliz páscoa de VERDADE,

Nanny disse...

Sandokan

Queria antes de mais dzer-te que o que eu postei, não foi um poema, foi um jogo de palavras, feito com um amigo o Fallen Angel (ele sim, senhor das palavras) e que eu depois arrumei, com umas vírgulas e uns artigos... só isso... não te deixes assim enganar, por algo a que eu mesma dei o título de "Brincando com as palavras"

Sinto-te amargurado com a vida, como não te sentia à uns tempos atrás... será que estás a dar demasiada importância a gente que não a merece... por não lhes dar importância podes passar-lhes ao lado, sem sequer as ver, e às vezes mais vale!

Não gastes a tua preciosa energia com coisas tão mesquinhas como essa gentinha, usa-a para te fortalecer e para aqueles que aprecias e verás que te tornas imune!

Um beijo doce, meu tigre de alma atribulada

Professor Howdy disse...

Hello!
Very good posting. Thank you -
have a good day!!!

Just_me disse...

Vim retribuir a tua visita, concordo com o teu post, tb tenho andado a pensar muito no que são os meus valores... Mas ao contrario de ti, não sei mais no que acreditar, no que desejo, no que admiro, sinto me completamente perdida...

bjs**

Luso: Prós e Contras disse...

VICIO

ESTE ES UN BLOG PARA COMPARTIR CON AMIGOS, NO UN BLOG PARA ATAQUES PERSONALES A LOS CONTRIBUYENTES
BLOGOSFERA ES PARA COMPARTIR NO PARA COMPETIR
NO PIERDAS TU TIEMPO EN INFANTILISMOS